close

PERIGO: Mais de 19 mil pessoas com problemas respiratórios foram atendidas em Rio Branco

Segundo o Corpo de Bombeiros, o número de incêndios aumentaram 137% este ano em comparação ao mesmo período no ano passado

CONTILNET NOTÍCIAS

16 de Agosto de 2019 às 17:05

PERIGO: Mais de 19 mil pessoas com problemas respiratórios foram atendidas em Rio Branco

FOTO: (Divulgação)

O número de incêndios em Rio Branco teve um aumento superior a 137% em um ano. O comparativo é feito entre agosto de 2018 e agosto de 2019. Segundo o Corpo de Bombeiros, nos primeiros 12 dias deste mês foram registrados 468 incêndios.

 

O aumento de queimadas ocasiona um acúmulo de fumaças, juntando ao tempo seco e a baixa umidade, os problemas respiratórios se agravam.  O secretário de Saúde do município, Oteniel Almeida, disse que mais de 19 mil casos de doenças respiratórias foram registradas somente nos centros e postos de saúde de Rio Branco, ocasionados pela ação da fumaça das queimadas, isso sem contar as pessoas que não procuram os locais e se tratam em casa.

 

Oteniel fez um apelo em suas redes sociais. “A queima acidental ou deliberada pode produzir vários poluentes e substâncias tóxicas prejudiciais à saúde. Estamos realizando ações preventivas, campanhas educativas e orientações sobre cuidados com a saúde principalmente para crianças, idosos e pessoas com doenças crônicas. Faça sua parte também! Não queime e denuncie quem pratica esse ato criminoso”, disse Oteniel.

Na manhã desta sexta-feira (16), o governador do Acre Gladson Cameli (Progressistas), também decretou situação de alerta ambiental em todo o estado, dado os números alarmantes de registros de focos de incêndio.

 

Até a quinta-feira (15) o Corpo de Bombeiros havia contabilizado mais de 6 mil solicitações de combate a incêndio nos 22 municípios acreanos, uma média de 80 ligações para o número de emergência 193 da corporação, são feitas diariamente.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS